images

Na nossa parashá, Moshe envia espiões a Israel. No começo eles são positivos em relação à Terra de Israel. Descrevem as belas frutas e as paisagens bonitas. Porém, não acreditam que os judeus possam conquistar Israel. Inclusive falam a seguinte frase:

“A terra pela qual passamos a espiá-la é terra que consome seus moradores, e todo o povo que vimos nela são homens de grande estatura. Também vimos ali gigantes, descendentes dos gigantes; e éramos aos nossos olhos como gafanhotos, e assim também éramos aos seus olhos” (Bamidbar 13/32-33).

Realmente será que os habitantes de Israel eram tão grandes a ponto dos espiões se sentirem gafanhotos?

O Rav Twerski explica que o segredo está no início da frase: “éramos aos NOSSOS olhos como gafanhoto”. Da maneira como a pessoa se sente e se olha, assim reagem a ela.

Devemos sempre acreditar que podemos e somos gigantes. Este é o primeiro passo para qualquer conquista.

Shabat Shalom

 

Rav Daniel Segal