O Movimento Juvenil Religioso Sionista Bnei Akiva, é o maior movimento sionista do mundo, contando com centenas de instituições ao redor do mundo, e há 85 anos, constrói o ideal de um judaísmo pleno, tolerante e construtivo por meio de instrumentos infláveis: união, apoio e alegria. No Brasil, o Bnei Akiva possui 5 sedes, sendo duas em São Paulo, duas no Rio de Janeiro e uma em Belém.
Seguindo uma orientação sionista religiosa, o Bnei Akiva procura através de suas atividades, proporcionar a jovens e crianças instrumentos e informações sobre o povo judeu, sua terra e cultura. Como um movimento sionista pioneiro, o BNEI AKIVA acredita que é uma mitzvá (mandamento) crucial no Judaísmo o retorno a Terra de Israel. De fato, o futuro do povo Judeu está ligado ao Estado de Israel. O BNEI AKIVA sente que a Juventude Judaica na Diáspora deve ser educada para pensar que o Estado Judaico precisa deles, e eles precisam do Estado Judaico.

O Bnei Akiva é hoje representado em mais de 30 países. Há poucos anos, o Bnei Akiva instalou suas estruturas em muitos países da Diáspora, embutindo nessas comunidades a ideologia de Torá e Avodá. Em comunidades onde há pouco conhecimento do Judaísmo, o Bnei Akiva espalhou as palavras da ética Judaica e o Ideal Sionista.

Organização


Para Organizar e atender as necessidades de cada idade, o BNEI AKIVA possui uma estrutura de kvutzot (grupos em Hebraico), de modo que as atividades educacionais fiquem direcionadas e adaptadas a cada turma da forma correta.

Atualmente, temos a estrutura dividida em três grupos, sendo estes subdivididos em subgrupos:

Chevra Alef (8 -12 anos), Chevra Bet (13 – 15 anos) e Bogrim (18 – ). As subdivisões são chamadas Kvutzot, e são as seguintes:

Chevraia Alef

Kvutzot

Idade(anos)

Série

Chevra alef

7 e 8

1a e 2a Alef

9 e 10

3a e 4a Alef

11 e 12

5a e 6a Alef

 

Chevraia Bet

Kvutzot

Idade(anos)

Série

Nome Da kvutzá

Chevra

13

7a Maapilim Bet

14

8a Haroé bet

15

1oano Muda a cada ano bet

 

Chevraia Bet

Já as Kvutzot do 1° ano do segundo grau têm seu nome mudado todo ano (A partir daí são chamadas de Shevet e não de Kvutza), pois recebem um nome especial, que é dado em homenagem a alguma personalidade ou fato ocorrido durante o ano que o integrante está na Kvutzá Haroé. Esse nome os acompanha durante toda sua vida no movimento e é o mesmo nome dado a este grupo de idade em todo o mundo. O nome da Shevet é usado como integrante na identidade de todo sionista religioso no mundo.

Aqui estão os nome dados a cada Shevet em cada ano:

Nome da Shevet

Ano de nomeação

Ano de nascimento do integrante

Neeman

2013 1998

Eitan

2012 1997

Naale

2011 1996

Lehavá

2010 1995

Hagvurá

2009 1994

Dvir

2008 1993

Shvut

2007 1992

Netzach

2006 1991

Achiá

2005 1990

Lavi

2004 1989

Elad

2003 1988

Amitzur

2002 1987

Komemiut

2001 1986

Oz

2000 1985

Yechiam

1999 1984

Hatkumá

1998 1983

Neriya

1997 1982

Shalem

1996 1981

Emunah

1995 1980

Achdut

1994 1979

Beramá

1993 1978

Nachalá

1992 1977

Amishav

1991 1976

Hamevasser

1990 1975

Hatzvi

1989 1974

Atzmaut

1988 1973

Dror

1987 1972

Hechalutz

1986 1971

Yedidya

1985 1970

Achva

1984 1969

Elyashiv

1983 1968

Amiad

1982 1967

Tzuriel

1981 1966

Hatchiya

1980 1965

Hayovel

1979 1964

Ariel

1978 1963

Amichai

1977 1962

Re’ut

1976 1961

Golan

1975 1960

Kisufim

1974 1959

Yeshurun

1973 1958

Shuva

1972 1957

Chechem

1971 1956

Tzurim

1970 1955

Harel

1969 1954

Moriah

1968 1953

Yachdav

1967 1952

L’hagshama

1966 1951

Nachshon

1965 1950

Gilboa

1964 1949

Magshimim

1963 1948

Shachal

1962 1947

Orim

1961 1946

Alumim

1960 1945

Neta’im

1959 1944

Chalutzim

1958 1943

Merchavim

1957 1942

Nechalim

1956 1941

Yavneh

1955 1940

Emunim

1954 1939

Hatirah

1953 1938

Mitnachalim

1952 1937

Etanim

1951 1936

Ge’ulim

1950 1935

Etzion

1949 1934

Netivot

1948 1933

Garinim[1 a 7]

1941 a 1947 1926 a 1932